Resenha: O lado bom da vida {Matthew Quick}

by - setembro 22, 2016

Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que 'é melhor ser gentil que ter razão' e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.Um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança.


Pat foi internado em uma clínica psiquiátrica, "O lugar ruim" como ele chamava, e não sabe quanto tempo passou lá nem os motivos da internação. Ele só sabe que quer voltar para sua ex, Nikki. Acontece que a esposa não quer vê-lo e não permite que ele entre em contato com ela. Após sair da clinica, Pat vai morar com seus pais pois não tem um emprego e nem sua casa. Ele aceita ajuda até que o "tempo separados" termine.

Ele acredita que tenha acontecido algum desentendimento entre ele e a esposa, reconhece que está um pouco acima do peso e que algumas vezes não dava para Nikki a atenção e o carinho que ela merecia. Decidido a surpreendê-la e a agradá-la, Pat decide fazer exercícios puxados e tentar ser mais gentil com as pessoas.

 Pat percebe que algumas coisas mudaram mas ninguém fala abertamente sobre o seu passado, ele questiona sobre a esposa e apenas lhe falam que ele não pode chegar perto dela. Em uma noite, ele é convidado para jantar na casa de seu melhor amigo e lá Pat conhece  Tiffany (eu adorei muito ela). A jovem também tem um passado conturbado e faz tratamento psicológico.

Durante a leitura, vamos descobrindo o que realmente aconteceu. Embora Pat não saiba o que tenha acontecido ele agora quer mudar, quer fazer sua esposa feliz e fazer com que ela se sinta bem ao lado dele.
Tiffany terá um papel fundamental, pois além de entender o que acontece com ele, a jovem decide ajudar Pat a reconquistar Nikki. -
Mas não é exatamente isso que acontece.

Eu gostei do livro, mas confesso que fiquei um tanto decepcionada. "O lado bom da vida" não superou minhas expectativas, achei a leitura um pouco cansativa e não fui cativada pela história.  Pat é um personagem ótimo, mas quem me ganhou mesmo foi Tiffany.
Mesmo assim vale a pena a leitura :) -
-
★ ★ ★


Você posde gostar também:

4 comentários

  1. Adorei a resenha.
    Eu assisti o filme, e pensei em comprar o livro, mas todos falam que o livro não é lá essas coisas :/

    Te acompanho no Instagram já e agora aqui também s2
    Beijos.
    http://leituravorazblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu achei o filme miiiiiil vezes melhor, o livro é bem cansativo :/

    ResponderExcluir
  3. O livro é bom mas eu também esperava mais. É meio desanimado

    ResponderExcluir