Resenha: A Rebelde do Deserto {Alwyn Hamilton}

by - dezembro 31, 2017

.



Depois da morte de seus pais, Amani foi obrigada a ir morar com alguns parentes distantes, onde os costumes e principalmente, a forma como as mulheres são tratadas, são signas de contos macabros. Sua nova família à odeia, a convivência fica mais difícil a cada dia, e ela então se vê obrigada a tomar alguma decisão e procurar uma saída para aquela vida miserável. É então, que ela decide participar de uma competição na cidade do tiroteio. Para então, sumir de uma vez, e talvez, conseguir uma vida digna.


Durante a competição, ela conhece um jovem chamado Jin, pelo qual se envolve completamente, o único problema é que Amani esta disfarçada de menino, pois, uma garota nunca seria permitida como competidora. E é a partir dai que Amani percebe que sua vida nunca mais sera a mesma. Não só pelo belo garoto que conheceu, mas também pelo desejo de liberdade que cresceu de forma avassaladora. Agora, ela não sabe exatamente se é o momento certo, mas sabe que tem que fugir. E então começa sua aventura rumo ao desconhecido e a sonho de ser livre.








A REBELDE DO DESERTO foi uma leitura acima de tudo surpreendente. Eu não esperava de forma alguma me surpreender tanto com o enredo, que é magico, cheio de aventura e adrenalina. Os personagens são cativantes, com personalidades fortes e singulares entre si. A nossa protagonista - Amani, é forte, independente e decidida, sem medo de se arriscar ela enfrenta todas as dificuldades que aparecem em seu caminho durante a dura jornada à procura de liberdade. 

O ambiente é descrito com tanta perfeição que parece que estamos dentro da historia. É um livro repleto de aventura, emoção e momentos inesquecíveis. Não sei porque demorei tanto para mergulhar nas páginas dessa história. Agora, só me resta correr atrás da continuação: A TRAIDORA DO TRONO, e me apaixonar ainda mais. 







A REBELDE DO DESERTO
AUTOR(A)ALWYN HAMILTON
EDITORA: SEGUINTE
PÁGINAS: 288
NOTA: 











.

.O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.


Você posde gostar também:

2 comentários

  1. aaaaaaaaaaah, eu estou louca por esse lovro, já vi tantas resenhas positivas e depois da sua então... agora é só colocar no carrinho da amazon e correr pro abraço kkkkl.
    parabéns pela resenha, esta ótima.
    bjsss

    ResponderExcluir
  2. Só vejo bons comentários a cerca desse livro e sua resenha esta ótima, achi que chegou a hora de dar uma chance a esse livro

    ResponderExcluir