Resenha: O Melhor que Podíamos Fazer {Thi Bui}

By Aninha Saraiva - janeiro 14, 2018

.


Sabe aquele livro que você tem medo ler? Que por algum motivo te assuta? Pois é, foi assim comigo quando recebi esse livro da editora Nemo. A premissa do livro em si, já  deixa o leitor apreensivo, e com um certo receio, mas, esse não é uma história comum, não é ficção... Essas páginas trazem relatos da jornada de uma família rumo ao desconhecido, e em busca de uma vida melhor. A luta por um lar, seguro... e feliz!


Aqui encontramos memórias. 

Doloridas.
Difíceis.
E que não deveriam ser lembradas.




⠀ ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀
Thi Bui nos conta a difícil  história de sua família, da fuga do Vietnã, após a queda do Vietnã do sul em 1970, até a chegada aos Estados Unidos. As dificuldades que as mudanças trouxeram na vida de sua família, as consequências do deslocamento da vida de uma criança, toda a batalha , e o peso que todos os acontecimentos tiveram sobre o “recomeçar”. ⠀
⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀
Eu não tenho costume de ler muitas Graphic Novels, (infelizmente), mas essa em particular, chamou a minha atenção, e teve um peso gigante na minha bagagem de leitora. Por diversas vezes eu me peguei parando a leitura para falar comigo mesmo. "Isso não devia ser assim" eu falava, "uma criança não deveria passar por isso". Cada página trazia uma reflexão, uma frase que me tocava e que fazia o sentimento de empatia brotar de uma forma que eu nunca vi dentro de mim.⠀A maneira como a autora narra suas memórias é tão delicada quanto cruel. Nas primeiras páginas temos um vislumbre das lembranças do parto de Thi e da violência que ela sofreu durante um momento que deveria ser especial.

 ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀

São acontecimentos difíceis de serem lidos, e imagino que foram difíceis de ser colocados nas páginas também. Em um momento como esse que estamos vivendo, no auge da crise de refugiadas, esse livro só fortalece o sentimento difícil que todos nós sentimos quando vemos milhares de famílias sofrendo nos jornais, ou na tela da televisão. ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀
É impossível não se sentir tocado com a história, e no final de tudo, o que prevalece é a esperança. Esperança de que muitas pessoas por aí, ainda possam contar suas memórias, mas que no final, todas sejam felizes. 
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀



“Agora família é algo que criei. E não algo em que nasci.”



.O MELHOR QUE PODÍAMOS FAZER   AUTOR(A): THI BUI                                     EDITORA: NEMO                                         PÁGINAS:336                                                          NOTA:                   Esta é uma história sobre a busca por um futuro melhor e saudosismo pelo passado. Explorando a angústia da imigração e os efeitos duradouros que o deslocamento tem sobre uma criança, Bui documenta a difícil fuga de sua família após a queda do Vietnã do Sul, na década de 1970, e as dificuldades que enfrentaram para construir uma nova realidade. O melhor que podíamos fazer traz à vida a jornada de Thi Bui em busca de compreensão e fornece inspiração a todos aqueles que anseiam por um futuro melhor enquanto recordam o passado de privações.




  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Ana Maria, tudo bem?
    Sempre que penso no medo de ler algum livro me vem a cabeça a ideia de um livro de terror ou algo assim. Mas, quando você explicou o tema do livro ficou bem mais fácil entender. A realidade as vezes eh tão dura e difícil que assusta. São realidades que desconhecemos e eh triste e dolorido saber que muitos passam por isso e, ainda mais ter a ideia de que o final feliz q tanto desejam pode não ser alcançado. Tbm não tenho o hábito de ler graphic novela, mas essa me chamou bastante a atenção. ❤
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaaah, que bom saber que você ficou interessada, se puder e quiser, leia. Você não vai se arrepender :)

      Excluir