Posts Recentes

Livros que mudaram minha vida

1 de novembro de 2018





Olá pessoas, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Esse post de hoje é muito especial, pois vou falar de alguns livros que marcaram minha vida desde que comecei a ler de verdade, ha uns anos atrás. São livros que de alguma forma mexeram comigo e que eu recomendo para todos aqueles que já leem ou que estão começando nesse mundo maravilhoso.

Vamos lá?





A DEFINIÇÃO DO AMOR


Essa foi uma leitura relativamente recente, acho que faz mais ou menos dois meses que li ele. Quando terminei a última página fiquei em um estado que nem eu sabia explicar, esse é um livro crú, que relata a perda de uma forma tão profunda que me fazia querer chorar e gritar em diversos momentos. Esse livro me ensinou muitas coisas, entre elas que a vida é pequena, um sopro que dura segundos. Em um momento estamos aqui, no momento seguinte não estamos mais. Relata o nascer da coragem em meio a uma guerra dentro de si mesmo. É um livro cruel e verdadeiro, que deixou marcas em mim como leitora e como ser humano.




.Numa pequena cidade portuguesa, Susana sofre um AVC. Os médicos decretam sua morte cerebral ao mesmo tempo que anunciam sua gravidez de doze semanas – causa provável do acidente vascular. Francisco, o marido, começa então o diário do seu luto, que vai de maio a outubro, porque decidem não interromper a gestação. Francisco falará então do que é viver a morte anunciada, com todas as circunstâncias que o levaram até ali e que diariamente tem de enfrentar. Entre cada um dos meses, uma véspera se anuncia. Cada uma delas é composta por uma carta, cujo conjunto percorre trinta anos da vida de pessoas ligadas intimamente ao casal e vai explicar muito do que agora se passa.





.





CORALINE


Esse livro me marcou porque ele foi o início da minha história com a leitura. Não lembro exatamente quando li ele, acho que tinha uns 13 ou 14 anos, nessa época eu já gostava de ler, mas não era um hábito. Depois de pegar um exemplar emprestado na biblioteca da minha escola, fiquei uns dois dias lendo sem parar, completamente presa ao enrego e a escrita do Neil, a partir dai peguei gosto pela coisa e não parei nunca mais.





.Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, consegue abrir uma porta na sala de visitas de casa que sempre estivera trancada e descobre um caminho para um misterioso apartamento "vazio" no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus "outros" pais. Na verdade, aquele parece ser um "outro" completo mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.

.



NOSSA MÚSICA

Quando eu tinha meus 15, 16 anos, eu era alucinada por romances, era praticamente o único gênero que eu lia, mas atualmente eu leio de tudo e romance já não é mais meu gênero favorito. Mas no ano passado eu solicitei esse livro da editora Arqueiro, ele tinha uma premissa muito curiosa, um cenário caótico para se desenvolver uma história de amor, e mesmo achando um pouco improvável que eu fosse gostar, eu pedi. Assim que terminei a leitura eu fiquei arrasada, com raiva, chorando e sem saber o que escrever em uma resenha. A autora conseguiu despedaçar meu coração com cada palavra escrita nas poucas páginas dessa história. Um livro extraordinário sobre a forma como nossas escolhas impactam em nosso futuro e principalmente como o tempo consegue curar a mais cruel das feridas.


.Ally e Charlotte poderiam ter sido grandes amigas se David nunca tivesse entrado em suas vidas. Mas ele entrou e, depois de ser o primeiro grande amor (e também a primeira grande desilusão) de Ally, casou-se com Charlotte.  Oito anos depois do último encontro, o que Ally menos deseja é rever o ex e sua bela esposa. Porém, o destino tem planos diferentes e, ao longo de uma noite decisiva, as duas mulheres se reencontram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Diante de incertezas que achavam ter vencido, elas precisarão repensar antigas decisões e superar o passado para salvar aqueles que amam.  Com a delicadeza tão presente em seus livros, Dani Atkins mais uma vez nos traz uma história de emoções à flor da pele, um drama familiar comovente que não deixará nenhum leitor indiferente."


.




CIDADE DOS OSSOS


Esse livro se tornou especial porque foi através dele que eu comecei a ler mais fantasia, que é hoje, meu gênero favorito. Li todos os livros da série em duas semanas, depois disso sai como uma louca procurando outros livros da autora, que por sinal é uma das minhas favoritas. Cassandra Clare tem uma escrita fantástica que cativa o leitor desde as primeiras páginas.


.O primeiro volume da série best-seller Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare Depois ser apresentada ao Mundo de Sombras e a Jace ― um Caçador que tem a aparência de um anjo, mas a língua tão afiada quanto Lúcifer ―, Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar ― e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai? Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.
.



É ASSIM QUE ACABA


Esse livro foi um divisor de águas na minha vida, como leitora e como mulher. Eu não conseguiria expressar meu amor por essa obra nem se escrevesse um tcc sobre ele, Colleen Hoover criou um relato real e cruel de um relacionamento abusivo. Aprendi que jamais devemos aumentar nosso limite para fazer o outro feliz. Essa história ainda meche comigo, toda vez que olho para minha estante e vejo ele, sinto um aperto no peito por saber que existem muitas Lilys por ai. 

Fiz um post muito especial sobre esse e outros livros da autora. Clique aqui


.Um romance sobre as escolhas corretas nas situações mais difíceis. As coisas não foram sempre fáceis para Lily, mas isso nunca a impediu de conquistar a vida tão sonhada. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Então, quando se sente atraída por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo parece perfeito demais para ser verdade. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante e se sente atraído por Lily. Porém, sua grande aversão a relacionamentos é perturbadora. Além de estar sobrecarregada com as questões sobre seu novo relacionamento, Lily não consegue tirar Atlas Corrigan da cabeça — seu primeiro amor e a ligação com o passado que ela deixou para trás. Ele era seu protetor, alguém com quem tinha grande afinidade. Quando Atlas reaparece de repente, tudo que Lily construiu com Ryle fica em risco. Com um livro ousado e extremamente pessoal, Colleen Hoover conta uma história arrasadora, mas também inovadora, que não tem medo de discutir temas como abuso e violência doméstica. Uma narrativa inesquecível sobre um amor que custa caro demais..





Espero muito que vocês tenham gostado, esses são livros especiais que mostram o quanto vale a pena fazer parte desse mundo <3 

Beijão!





COMPRE NA AMAZON


Comentários
16 Comentários

16 comentários :

  1. Os livros mudaram a minha vida também. Lembro que quando comecei a ler, eu vivia num contexto muito difícil na minha vida e a leitura me proporcionou fugir um pouco da realidade e me afundar em histórias que tornavam as minhas horas melhores.
    Desses que você colocou, o Coraline é um dos meus favoritos da vida. Li ele depois que vi o filme e me apaixonei.
    Beijos!
    Borboletra

    ResponderExcluir
  2. As leituras devem ser interessantes :))

    Do nosso amigo Gil António, com- "Amantes" num Universo de apetência.

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta - Feira

    ResponderExcluir
  3. Olá obrigada pelo teu comentário já sigo o blog.
    Fiquei curiosa com a Caroline
    Rêtro Vintage Maggie | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  4. MEU DEUS!! MEU DEUS DUAS VEZES!!! Literalmente surtei aqui falando dos livros com minha irmã hahaha Meus Deus, só tem livros maravilhosos nessa lista, realmente esses livros mechem muito com a gente, Quero muito ler aquele da Colleen. Nunca me interessei pelo livro Coraline, espero um dia gostar dele.
    Ótimo post ❤

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Gente, que postagem incrível! Dos livros citados eu só não conhecia "A definição do amor", e confesso que fiquei bem curiosa para ler depois de ver o que tu disse sobre ele. Quero muito ler "É assim que acaba" também.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Que bacana seu post sobre os livros que mudaram sua vida, desses só li o Coraline.
    Fiquei curiosa pelas historias dos livros A definição do amor e É assim que acaba.
    Amei conhecer seu blog e achei lindo, com certeza estarei sempre por aqui.

    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  7. A Definição do Amor ainda não li, mas sempre que leio algum livro da editora, toca minha vida de alguma forma. Sua postagem além de bonita e poética, demonstra profundo amor pela literatura.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    De tudo isso só li CIDADE DOS OSSOS o qual até gostei, por mais que eu não tenha terminado a série me lembro bem dos personagens e de como me fez bem a leitura no momento. Ótima lista!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana, sua linda, tudo bem?
    Assim você acaba comigo. Eu sou muito sensível e os sentimentos que esses livros despertaram em você acabaram mexendo comigo, eu não sabia que eles poderiam ser tão intensos assim. Sou louca para ler essa serie da Cassandra, mas ainda não consegui comprar todos os livros. Adorei seu post.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Dos livros citados li apenas Cidade dos Ossos e É assim que acaba, confesso que esse último foi como um tapa na cara, pois me fez ter muita empatia. Tenho curiosidade em ler Nossa Música, várias pessoas elogiam a autora e essa história.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Ana, os livros que te marcaram parecem realmente incríveis *-* Desse eu só li Cidade dos Ossos e eu adorei a série inteira tanto que li ela toda em menos de uma semana *-* Vá anotei os outros livros para lê-los assim que tiver chance.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Ah que livros bacanas que te marcaram. Dois dos citados também tenho um carinho especial. Cidade dos Ossos também foi meu grande pontapé em fantasias infanto-juvenis, e Coraline tenho grande carinho por causa do filme e da história que li anos depois com a nostalgia da infância. Adorei! Ah a CoHo é um das minhas autoras favoritas, mas ainda não tenho nenhum livro dela classificado como mudança de vida. Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir