Posts Recentes

Resenha: Vergonha | Brittainy C. Cherry

15 de junho de 2019



Vergonha é a prova definitiva de que não se deve julgar um livro pela capa... ou pela sinopse. hahaha.


Na história conhecemos Grace Harris, uma mulher que esta passando por um momento bastante delicado em sua vida, ela descobriu que foi traída pelo homem que ama e que esteve ao seu lado por quase toda sua vida! Sentindo-se sozinha e desolada ela decide passar o verão na sua cidade natal, ao lado da família, para quem sabe conseguir sentir um pouco de alegria novamente. Lá ela conhece Jackson Emery, um homem amargurado e que parece odiá-la, mas a medida que os dois se conhecem, começam a perceber que talvez tenha alguns coisas em comum, além de suas almas vazias e corações machucados, só que essas mesmas características parecem criar um oceano de distância entre eles.

Pois bem, quando comecei a leitura desse livro eu já cheguei com um pensamento pré-estabelecido, já que a capa do livro e a sinopse dão a entender que o leitor vai dar de cara com aquele velho clichê do "homem amargurado que tem um passado sombrio e a mocinha indefesa com baixa autoestima", e sendo bem sincera talvez tenha um pouco disso mesmo, só que Vergonha foi muito além do que essa fórmula saturada de romance entre duas pessoas feridas pode oferecer,  Brittainy C. Cherry conseguiu entregar um romance arrasador sobre os laços familiares e o quanto eles podem ser dolorosos e principalmente... como cada ser humano lida com suas perdas. 

A autora leva o leitor até uma pequena cidade no interior e nos apresenta a todos os conflitos que envolve as famílias dos dois protagonistas, e como toda boa história de rivalidade, sempre existe muito mais coisa embaixo do tapete.

Brittainy em nenhum momento maquia a história para que ela perece leve ou um romance água com açúcar, ela nos mostra que nem sempre família significa amor e carinho e que muitas das vezes nossos parentes são os principais responsáveis por nossos fracassos. É nítido como a autora aborda as relações entre pais e filhos e como as expectativas não alcançadas podem afetar o futuro de uma pessoa. A família de Grace é o tipico lar tóxico, onde os pais acreditam que os filhos são sua chance de ser aquilo que não conseguiram em seu passado.

Outro ponto que me tocou bastante foi a forma como a maternidade foi inserida na trama. Um assunto que normalmente é desenhado como algo lindo e encantador, mas que na maioria das vezes é um turbilhão de mudanças e em alguns casos pode ser uma experiencia extremamente dolorosa. Eu vi em Grace uma mulher forte e guerreira, uma pessoa que foi alienada por tantos e tantos anos, que passou a acreditar que sua felicidade estaria sempre ligada a estar junto de outra pessoa.

E pegando esse gancho, posso dizer que esse foi um dos principais motivos de eu ter amado o casal. Jackson e Grace percorreram um longo caminho na construção de um relacionamento e ele sempre fez questão de mostrar a ela o quão incrível ela pode ser sozinha!

No mais, recomendo o livro para todos aqueles que amam um bom clichê, que gostam de bad boys e cenas mais picantes. A sinopse e capa não dizem absolutamente nada sobre essa história, ela vai te surpreender assim como fez comigo e te fazer pensar sobre a maneira como você ama e é amado.


VERGONHA
AUTOR(A): BRITTAINY C. CHERRY
EDITORA: GRUPO EDITORIAL RECORD
NOTA: 5/5


Um amor inesperado que surge de forma inusitada e arrebata a vida de Grace Harris. Grace Harris está perdida e sozinha em sua casa em Atlanta depois que o homem que ela pensou que ficaria a seu lado pelo resto da vida traiu sua confiança, partiu seu coração e saiu de casa, deixando seu casamento em suspenso. Grace resolve, então, passar o verão com a família em Chester, sua cidade natal, para respirar, dar um tempo de tudo. Sua vida está uma bagunça e o que ela precisa no momento é de um pouco de gentileza e compaixão. Por incrível que pareça, Grace encontra isso na pessoa mais improvável de todas: Jackson Emery, a ovelha negra da cidade. Conhecido como a erva daninha de Chester, ele é sinônimo de encrenca, e não faz nada para mudar essa imagem. Tendo perdido na infncia o que havia de mais valioso na vida, Jackson se tornou um homem amargurado e não dá a mínima para o que pensam dele. Os caminhos de Grace e Jackson acabam se cruzando de um jeito inusitado e a tristeza profunda que carregam atrai os dois como ímã. Ambos sabem que não foram feitos um para o outro, mas, como tudo vai acabar mesmo com o fim do verão, resolvem deixar rolar e se entregar a uma diversão passageira. Porém, o que Grace não imaginava é que seu coração, já destroçado, seria obrigado a aprender que certos relacionamentos são capazes de causar dores muito profundas, e que é sempre preciso fazer uma escolha.
Comentários
5 Comentários

5 comentários :

  1. Olá,

    Dá pra perceber que é uma trama bem profunda e pesada de certa forma ne? Acho que temos que ter um certo preparo para ler algo assim haha beijos

    abobrinhacomchocolate.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou com esse livro na estante e não vejo a hora de poder ler! Eu gosto muito da escrita dessa autora, e saber um pouco mais do enredo só me fez ficar ainda mais empolgada para fazer a leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia mas achei bem interessante!

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto muito da escrita dessa autora, tudo que não gostei nesse livro foi a capa. Não achei muito a ver com a história.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!! :)

    EU confesso que nao conhecia este livro ainda, mas que achei otimo o facto de tetres gostado tanto da leitura

    Achei curioso o facto de a maternidade ter sido apresentada nesse prisma.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir